UMA LIGEIRA COMPARAÇÃO ENTRE DOIS FILMES SOBRE GAROTAS


Dois filmes sobre jovens estudantes bonitas fizeram bastante sucesso e tornaram-se símbolos da cultura jovem nas últimas décadas. Curiosamente, os dois filmes falam sobre a questão da ascensão pessoal, sob o ponto de vista feminino, tema típico da adolescência e dos primeiros anos da juventude adulta.

As Patricinhas de Beverly Hills (Clueless), de 1995, é uma adaptação de uma obra do século XIX, o clássico literário Emma (1815), de Jane Austen, adaptado para o filme sob o trabalho de roteiro feito pela própria diretora, Amy Heckering (que ainda faz uma ponta no filme, não-creditada na ficha técnica).

O livro de Jane Austen teve ainda outra adaptação, com o mesmo título do livro e lançado em 1996, com Gwyneth Paltrow e Toni Collette no elenco. A primeira fez uma ponta no filme Amor e Outros Desastres (Love and Other Disasters), e a outra esteve em A Garota Morta (The Dead Girl), dois filmes com Brittany Murphy.

Brittany e Alicia Silverstone fazem, respectivamente, as personagens Tai e Cher. Cher é a garota rica e bem-sucedida, Tai é a novata nerd que chega no colégio e que depois se ascende socialmente, tornando-se mais popular que a outra. É uma parábola sobre a inversão de papéis numa sociedade competitiva.

Quanto a Meninas Malvadas (Mean Girls), que o diretor Mark Waters comparou a um misto de As Patricinhas de Beverly Hills com Atração Mortal - filme protagonizado por Wynona Ryder, outra que esteve em filme com Brittany, Garota, Interrompida (Girl, Interrupted) - , ele é um derivado do Saturday Night Live, com roteiro escrito por Tina Fey, comediante do SNL que também protagoniza o filme.

Meninas Malvadas também foi inspirado em livro. Mas se trata de uma obra sobre comportamento, o livro Queen Bees and Wannabees, da educadora Rosalind Wiseman, lançado em 2002, uma obra de ficção que inspirou o argumento e o roteiro de Tina Fey.

A sinopse gira em torno de Cady, personagem de Lindsay Lohan, filha de zoólogos que vivia num subúrbio (que nos EUA é zona de classe média baixa, caraterizado por casas dotadas de garagem e quintal) e que conhece um grupo de garotas bem-sucedidas, The Plastics (que a tradução brasileira batizou de As Poderosas - nada a ver com Anitta, hein?).

A polarização acontece então entre a modesta Cady e a presunçosa Regina George, a líder do grupo, interpretada por Rachel McAdams. O filme é muito mais cínico do que o de 1995, mas trata de alguma forma a questão da ascensão social, ainda que, neste caso, de forma mais agressiva.

Já houve, em 2013, um reencontro entre os atores de As Patricinhas de Beverly Hills, com a óbvia ausência da maravilhosa Brittany. Já em 2014, está programado o reencontro entre as principais atrizes de Meninas Malvadas, e Lindsay Lohan manifestou seu interesse.

ALGUMAS CURIOSIDADES

Para começar, uma das atrizes de Meninas Malvadas, Lacey Chabert, veio do famoso seriado O Quinteto (Party of Five), drama juvenil que marcou a década de 1990. Neste seriado Brittany Murphy fez participação especial em dois episódios de 1994, Good Sports e Homework.

No seriado O Quinteto, outra atriz, Jennifer Love Hewitt - que só entrou no seriado na temporada de 1995 - , havia contracenado com Breckin' Meyer, ator de As Patricinhas de Beverly Hills, nos filmes baseados na história em quadrinhos Garfield, de Jim Davis.

Lindsay Lohan por pouco não traça sua tragédia - a exemplo de Brittany, só que com caraterísticas diferentes entre uma e outra - , uma vez que ela viveu uma fase em que estava viciada em álcool, drogas e nicotina. Daí que Lindsay havia envelhecido em aparência por causa disso, tendo apenas 28 anos atualmente. Felizmente Lindsay se recuperou e está se dedicando mais à sua carreira de atriz, pensando até em voltar também como cantora.

Lindsay havia participado da dublagem de um episódio de O Rei do Pedaço, que ao longo de sua trajetória teve Brittany Murphy no seu elenco de dublagem. A atriz de Meninas Malvadas participou do episódio Talking Shop, de 2004.

No entanto, a personagem Luanne Platter não apareceu no episódio, o que significa que Brittany estava ausente na dublagem. Mas, curiosamente, dois ex-colegas participaram, como Breckin' Meyer e Amy Adams, esta de Lindas de Morrer (Drop Dead Gorgeous).

Quanto ao Saturday Night Live, a própria Brittany já foi convidada para participar em um programa inteiro, em 2002. E, como de praxe, a nossa saudosa atriz mostrava um de seus talentos mais marcantes: o humor. Quantas alegrias Brittany nos deu, quantas saudades...

Comentários