KALEY CUOCO SE DIVORCIOU PORQUE MARIDO ERA VICIADO EM ANALGÉSICOS


Foram apenas 21 meses de casamento da atriz de Big Bang Theory, Kaley Cuoco, e o tenista Ryan Sweeting. Parecia duradouro, porque Kaley chegou mesmo a usar o sobrenome Sweeting, sendo creditada, em temporadas recentes do famoso seriado, como Kaley Cuoco-Sweeting.

Só que recentemente ocorreu o divórcio, e Kaley Cuoco, que entrou 2014 como uma das novas casadas, hoje é uma das solteiras da temporada. O casamento não chegou a completar dois anos, e o motivo foi o vício de Ryan em tomar analgésicos.

Ficamos imaginando o que teria acontecido se Brittany Murphy e Simon Monjack tivessem se separado após 21 meses de casamento. Os dois se casaram em maio de 2007, a separação teria ocorrido, no caso, em fevereiro de 2009, o que certamente teria salvo Brittany.

Afinal, Simon Monjack tinha fama de caloteiro, mulherengo e usuário de drogas. Fosse a hipótese da tragédia de Britt, ela sempre se relacionou ao casamento infeliz com o produtor inglês, que de início parecia harmonioso, mas mesmo assim com uma cumplicidade frouxa e superficial de dois namoradinhos de colégio.

Com toda certeza Brittany Murphy teria permanecido viva e plenamente ativa, se tivesse ocorrido com ela o mesmo que ocorreu com Kaley Cuoco, que aliás é frequentemente comparada com a outra, sobretudo pelo senso de humor e pela beleza nerd de uma e outra.

KALEY CUOCO CONTRACENANDO COM KEVIN SUSSMAN EM BIG BANG THEORY...

Kaley Cuoco, que começou sua carreira um ano depois de Britt, tornou-se mais conhecida quando participou das temporadas finais do seriado Jovens Bruxas (Charmed), ao lado de duas amigas de Brittany, Alyssa Milano e Rose McGowan.

Kaley esteve também no suspense Assassino Virtual (Virtuosity), de 1995, que teve no elenco a mesma Louise Fletcher de Matemática do Diabo (Devil's Aritmethic), de 1999, com Britt no elenco. Esteve também em Toothless, de 1997, com a mesma Kirstie Alley de Lindas de Morrer (Drop Dead Gorgeous), de 1999, que teve Britt.

Kaley Cuoco participou do elenco de dublagem do seriado da Disney, As Aventuras de Brandy e Sr. Bigodes (Brandy & Mr. Whiskers), tendo sido colega de Alanna Ubach, que quase fez a Tai de As Patricinhas de Beverly Hills (Clueless) e esteve no mesmo filme com Britt, Freeway - Sem Limites (Freeway), de 1996.

Em Hop: Rebeldes Sem Páscoa, de 2011, outro filme de animação, Kaley foi colega de Elizabeth Perkins, que participou da dublagem de O Rei do Pedaço (King of the Hill), em vários papéis. Kaley atuou também em The Last Ride, de 2012 biografia de Hank Williams que teve no elenco Stephen Tobolowsky, de A Agenda Secreta do Meu Namorado (Little Black Book), de 2004.

Ela esteve também em Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola (A Million Ways to Die in the West), comédia de 2014 estrelada por Seth MacFarlane que teve no elenco Giovanni Ribisi de A Garota Morta (The Dead Girl), de 2006. Em Padrinhos Ltda. (The Wedding Ring), também de 2014, Kaley foi colega de Mimi Rogers, de Busca Alucinante (Abandoned), de 2010.

...E KEVIN, JUNTAMENTE COM KATHY BATES, LADEANDO BRITTANY MURPHY EM A AGENDA SECRETA DO MEU NAMORADO.

Em Big Bang Theory (nome que se sobrepôs ao título brasileiro Big Bang: A Teoria), Kaley também contracena com Mayim Bialik, que havia sido protagonista, nos anos 90, do seriado Blossom, que teve uma pequena participação de Britt em um episódio. Big Bang Theory cuegou a ter também, no elenco, Sara Gilbert, de Os Garotos de Minha Vida (Riding Cars With Boys), de 2001.

Curiosamente, o ator Kevin Sussman, que conhecemos como o vendedor de revistas de quadrinhos e produtos associados Stuart, no seriado Big Bang Theory, havia feito outro personagem igualmente nerd, o produtor de TV Ira, colega da personagem de Britt, Stacy Holt, em A Agenda Secreta do Meu Namorado (Little Black Book).

Comentários