E SE BRITTANY MURPHY CANTASSE COM O QUEEN?


Esquecendo um pouco o que aconteceu de triste com a Brittany Murphy e imaginemos que ela tenha sido escolhida para ser vocalista do tributo ao Queen. Certamente, teria sido uma experiência muitíssimo interessante.

Muitos fãs do Queen fazem reservas quanto ao vocalista da atual fase do tributo, o astro pop Adam Lambert, lançado por um reality show. Visualmente, ele remete a George Michael quando se apresentava no mesmo Live Aid que o Queen, ainda com Freddie Mercury vivo (mas diagnosticado com o vírus da AIDS), com aquele topete e barba por fazer.

O próprio George Michael havia gravado com os remanescentes do Queen, uma versão da música "Somebody to Love" em que o ex-integrante do Wham! exagerava um pouco na teatralidade. Cá para nós, nem todos podem ser Freddie Mercury.

"Somebody to Love" é a mesma música que Brittany Murphy gravou para a trilha de Happy Feet - O Pinguim (Happy Feet), em 2006, impulsionando uma carreira de cantora que, se não tivesse sido abortada pelo famoso infortúnio, teria se tornado brilhante.

Certo, uma mulher cantando os clássicos que haviam sido originalmente feitos sob a voz de Freddie Mercury parece, à primeira vista, estranho. Mas, em se tratando de uma estrela com o talento de Brittany Murphy, se ela tivesse sido vocalista do tributo ao Queen, teria surpreendido.

Ela teria desenvoltura de sobra para empolgar a plateia. Tinha uma belíssima voz, e, como garota divertida que Britt era, ela iria, com toda a certeza, segurar todo o repertório da banda, sobretudo com "Somebody to Love" que ela gravou para a pinguim Gloria "cantar".

Como seria Brittany Murphy cantando "Crazy Little Thing Called Love", "Another One Bites The Dust", "A Kind of Magic" e "Bohemian Rapsody"? E como seria ela cantando "Love of My Life" com sua maneira de segurar a plateia e fazer o público cantar junto?

O que se sabe é que Britt teria feito uma performance inesquecível. Com todo o seu talento vibrante, com sua empatia e sua beleza. Ela não substituiria Freddie Mercury, mas faria o seu próprio espetáculo, dando uma nova dinâmica para as músicas do Queen.

Comentários