Pular para o conteúdo principal

COLEGAS DE BRITTANY MURPHY ENVOLVIDAS COM PREMIADOS DO PRIMETIME EMMY AWARDS 2017


Duas produções com atrizes que trabalharam com Brittany Murphy foram os maiores vencedores do Primetime Emmy Awards 2017. O evento, apresentado por Stephen Colbert, âncora do talkshow The Late Show (que concorreu ao prêmio mas não levou), aconteceu no último dia 17, no Microsoft Theatre, em Los Angeles. A premiação foi organizada pela Academia Nacional de Artes e Ciências Televisivas.

As produções em questão são o seriado do canal Hulu The Handmate's Tale, drama político baseado no livro homônimo de Margareth Atwood, lançado em 1985, e Big Little Lies, minissérie de humor cáustico de sete episódios do canal HBO, também baseada em livro, a obra homônima de Liane Moriaty lançada em 2014.

Em The Handmate's Tale, destacam-se no elenco a atriz-protagonista, Elizabeth Moss, que esteve no filme Garota, Interrompida (Girl, Interrupted), de 1998. Com ela está no elenco também a estrela de Tal Mãe, Tal Filha (Gilmore Girls), Alexis Bledel, que esteve presente no filme Sin City - Cidade do Pecado (Sin City), de 2005.

Big Little Lies contou com Nicole Kidman, que esteve no elenco de dublagem de Happy Feet - O Pinguim (Happy Feet), de 2006, e Reese Witherspoon, esta muito comparada com Britt e com ela atuou em Freeway - Sem Saída (Freeway), de 1996.

As premiações dos filmes foram: Handmaid's Tale - Melhor série dramática, Melhor atriz em série dramática (Elizabeth Moss), Melhor atriz coadjuvante em série dramática; Big Little Lies - Melhor minissérie, Melhor atriz em minissérie ou telefilme (Nicole Kidman), Melhor ator coadjuvante em minissérie ou telefilme, Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou telefilme.

Outros filmes com atores que trabalharam com Brittany Murphy tiveram indicações, mas não levaram prêmios. A saber, citando o respectivo ator ou atriz:

Stranger Things (Netflix) - Winona Ryder, de Garota, Interrompida (Girl, Interrupted);

Transparent (Amazon) - Jeffrey Tambor, de Garota, Interrompida (Girl, Interrupted);

Mom (CBS; exibido no Brasil pela Warner) - Allison Janney, da peça Do Alto da Ponte (A View From the Bridge), de 1997, dos filmes David & Lisa, de 1998, e Lindas de Morrer (Drop Dead Gorgeous), de 1999;

The Americans (FX) - Matthew Rhys, de Amor e Outros Desastres (Love and Other Disasters), de 2006;

How to Get Away With Murder (ABC) - As atrizes do elenco recorrente Famke Janssen, de Reféns do Silêncio (Don't Say a Word), de 2001, e Marcia Gay Harden, de A Garota Morta (The Dead Girl), de 2006, não participaram das indicações;

Feud: Bette and Joan (FX) - Jessica Lange, de O Segredo de Neverwas (Neverwas), de 2005.

Outras curiosidades são que o programa cômico Saturday Night Live já teve Brittany Murphy como convidada em 2002, e a protagonista de outro seriado, This is Us (NBC), a atriz e cantora Mandy Moore, já apareceu com Brittany num evento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FILHA DE MÁRCIA CABRITA NÃO TEVE A SORTE DE BRITTANY MURPHY

Ontem, 10 de novembro de 2017, mesmo dia do aniversário de 40 anos de nascimento de Brittany Murphy, a atriz brasileira Márcia Cabrita, também famosa por papéis cômicos, faleceu, perdendo a batalha contra um câncer no ovário, doença diagnosticada em 2010 (a essas alturas Britt já era falecida).

Com o falecimento de Márcia, sua filha Manuela Parente, não teve a sorte de Brittany, pois a adolescente brasileira acabou perdendo a mãe, ameaça da qual a atriz estadunidense foi poupada. Sabe-se que, entre 1990 e 1992, Sharon Murphy sofreu câncer de mama, com alto risco de falecimento, mas sobreviveu.

A exemplo de Sharon, Márcia Cabrita estava solteira, embora seu divórcio com o psicanalista Ricardo Parente tinha sido bastante amigável. Márcia e Ricardo foram casados entre 2000 e 2004, e continuaram amigos desde então. Ricardo compareceu ao velório da ex-mulher, hoje de manhã, em Niterói, terra natal da atriz, famosa por produções como o seriado Sai de Baixo e sua última novela, Novo Mundo, …

TERMO "PATRICINHA" TEVE ORIGEM EM SOCIALITE BRASILEIRA

O termo "patricinha", que os fãs de Brittany Murphy conhecem pela denominação brasileira dada ao filme de título "seco", Clueless (traduzido do inglês, "sem pistas"), que virou As Patricinhas de Beverly Hills, teve sua origem revelada.

A expressão corresponde ao tipo de garota bem nascida, consumista, fanática por moda, de comportamento ingênuo e intelectualmente duvidoso. Algo como uma jovem dondoca, muitas vezes muito bonita, mas inacessível pelo seu tipo aristocrático.

A revelação se deu no livro Enquanto Houver Champanhe, Há Esperança, que o jornalista Joaquim Ferreira dos Santos, famoso por seus livros memorialistas, como 1958 - O Ano Que Não Devia Terminar (1997), dedica à biografia do colunista social Zózimo Barroso do Amaral.

O termo surgiu da socialite Patrícia Leal, trineta do conde Modesto Leal, que havia sido um dos homens mais ricos do período da República Velha (1889-1930). Patrícia se destacou nas colunas sociais da década de 1990 e, ex-na…

BRITTANY MURPHY NA PREMIERE DE 'CLUBE DAS BABÁS'

Aqui vemos Brittany Murphy, em 1995, ano de seu primeiro grande sucesso As Patricinhas de Beverly Hills (Clueless), na premiére de um filme no qual não participou, mas igualmente uma comédia juvenil, O Clube das Babás (The Babysitters Club).
No filme, o destaque do elenco é o ator e cineasta Bruce Davison, que esteve em três filmes com Britt: Jogada de Verão (Summer Catch), de 2001, A Garota Morta (The Dead Girl), de 2006, e Megafault, de 2009.
Outra curiosidade é que um dos atores de Clube das Babás, Aaron Michael Metchik, foi um dos protagonistas do seriado The Torkelsons, cuja temporada de 1993, rebatizada Almost Home, teve Brittany no elenco.
Aqui vemos uma foto com Britt no lançamento do filme e a capa da edição em DVD da referida produção.